Páginas

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

SIMULADO DE PORTUGUÊS - ADVERBIO, LOCUÇÃO, VERBO, SUJEITO E PREDICADO

                                 O burro e o cachorrinho
 
Um homem tinha um burro e um cachorrinho. O cachorro era muito bem cuidado por seu dono, que brincava com ele, deixava que dormisse no seu colo e sempre que saía para um jantar voltava trazendo alguma coisa boa para ele. O burro também era muito bem cuidado por seu dono. Tinha um estábulo confortável, ganhava muito feno e muita aveia, mas em compensação tinha que trabalhar no moinho moendo trigo e carregar cargas pesadas do campo para o paiol. Sempre pensava na vida boa do cachorrinho, que só se divertia e não era obrigado a fazer nada, o burro se chateava com a trabalheira que ficava por conta dele.
Certamente se eu fizer tudo o que o cachorro faz nosso dono me trata do mesmo jeito – pensou  ele.
Pensou e fez. Num dia de manhã, soltou-se do estábulo e entrou na casa do dono saltitando como tinha visto o cachorro fazer. Só que, como era um animal grande e atrapalhado, acabou derrubando a mesa e quebrando a louça toda. Quando tentou pular para o colo do dono, os empregados acharam que ele estava querendo matar o patrão e começaram a bater nele com varas até ele fugir da casa correndo. Mais tarde, todo dolorido em seu estábulo, o burro pensava: "Pronto, me dei mal. Mas bem que eu merecia. Por que não fiquei contente com o que eu sou em vez de tentar copiar as palhaçadas daquele cachorrinho?"
Moral: É burrice tentar ser uma coisa que não se é.
(La Fontaine)
QUESTÕES:

1)  O burro achava que não era bem tratado e por isso, resolveu:
a) (    ) Trabalhar mais moendo mais trigo.
b) (    ) Ser preguiçoso.
c) (    ) Resolveu receber o dono como o cachorrinho.
d)(    ) não se importou com o cachorrinho.

2) Quando viram o burro  com aquelas atitudes estranhas:  
a)  (    ) Aplaudiram a atitude do burro.
b)  (    ) Chamaram o cachorrinho para ver o burro .
C) (    ) Deram mais comida para o burro.
d) (    ) Bateram nele com varas.

3) A moral da história do burro e do cachorrinho é:
a) (    ) Que devemos sempre ser o que não somos.
b) (    ) Devemos comer mais.
c) (    ) Devemos impor nossas idéias para conseguir o que queremos.
d) (    ) É burrice tentar ser uma coisa que não se é..
Gramática
Locução adverbial: são conjuntos de duas ou mais palavras que possuem juntas, valor de advérbio.Veja o exemplo:  Acordei de madrugada - Acordei cedo

4) No texto temos uma locução adverbial que é:
a) (    )  Pensou e fez.
b) (    ) De manhã.
c) (    ) Um burro e o cachorrinho.
d) (    ) ganhava muito.

5) Na frase: O cachorro era muito bem cuidado por seu dono, o sujeito é:
a) (    ) Bem cuidado.
b) (    ) O cachorro.
c) (    ) Muito bem cuidado.
d) (    ) Por seu dono.

6) O burro também era muito bem cuidado por seu dono. Nesta frase o predicado é:
a) (    ) Também era muito bem cuidado por seu dono.
b) (    ) Cuidado por seu dono
c) (    ) Seu dono
d) (    ) Nenhuma das respostas.

7) deixava que dormisse no seu colo. A palavra sublinhada é:
a) (    ) Um verbo no pretérito imperfeito.
b) (    ) Um verbo no presente.
c) (    ) Um substantivo no presente.
d) (    ) Um substantivo no pretérito.

8) Na frase: “ O cachorro era muito bem cuidado pelo seu dono. A palavra grifada é:
a) (    ) Advérbio de intensidade
b) (    ) Advérbio de local.
c) (    ) Verbo no futuro.
d) (    ) Gerúndio.

9) Pensou e fez. Nesta frase os dois verbos estão:
a)  (    )   No pretérito perfeito.
b)  (    )   No futuro imperfeito.
c)  (    )   No presente.
d)  (    )   no pretérito e no presente.

10) Certamente se eu fizer tudo o que o cachorro faz nosso dono me trata do mesmo jeito. Certamente é:
a)  (   ) Sujeito.
b) (   ) Predicado.
c) (   ) Verbo no presente do indicativo.
d) (   ) Advérbio de afirmação.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

LOCUÇÃO ADVERBIAL


Locução adverbial: são conjuntos de duas ou mais palavras que possuem juntas, valor de advérbio.

Veja o exemplo:
Acordei de madrugada - Acordei cedo

Algumas Locuções Adverbiais mais Utilizadas

·         Tempo: à noite; à tarde; às vezes; de dia; de manhã; de noite; de quando em quando; de vez em quando; de tempos a tempos; em breve; por vezes;

·         Lugar: à direita; à esquerda; à distância; ao lado; ao largo; de cima; de dentro; de fora; de longe; de perto; em baixo; em cima; para dentro; para onde; por ali; por aqui; por dentro; por fora; por perto;

·         Modo: a custo; à pressa; à toa; à vontade; às avessas; às claras; às direitas; às escuras; ao acaso; a torto e a direito; ao contrário; a sós; de bom grado; de cor; de má vontade; em geral; em silêncio; em vão;

·         Afirmação: com certeza; com efeito; de facto; na verdade; sem dúvida;

·         Negação: de forma alguma; de maneira nenhuma; de modo algum.